MED HONDO
:: FILMES EM EXIBIÇÃO ::

West Indies, Les Negres Marrons de la Liberté

  WEST INDIES, LES NEGRES  
  MARRONS DE LA LIBERTE  

  (ARGÉLIA/MAURITÂNIA/FRANÇA, 1979, 110’, 14 ANOS)  
  de Med Hondo  

West Indies são as Antilhas, primeiro as espanholas, depois as inglesas, francesas e holandesas, antes que Cuba e Haiti, entre outros, ganhassem sua independência. O filme pode ser apresentado como um musical político. Encenada em uma sucessão de quadros, com uma estética teatral vigorosa, e usando a linguagem crioula como elemento essencial, é a história do povo das Antilhas que é contada, desde o século XVII até os dias de hoje: a ação acontece em um navio negreiro e é contada através de canções e balés, evocando tanto o passado, quanto o presente, esse outro "comércio" que trouxe milhares de homens e mulheres que se tornaram imigrantes na Europa, a fim de escapar da miséria. 

West Indies é uma sátira contra a colonização francesa nas Antilhas e na África, um tema caro a Med Hondo. Filmado nas fábricas de Citroën em desuso no Quai de Javel em Paris, um poderoso símbolo da exploração da mão-de-obra da classe trabalhadora durante várias gerações, o filme revela um dispositivo cênico óbvio. Uma distância é estabelecida, dando força ao propósito do filme, lembrando a teoria de Brecht, que é cara ao cineasta.

A obra foi apresentada em muitos festivais, mas foi desclassificada em alguns eventos por conteúdo "subversivo". O filme foi exibido na abertura do Festival de Veneza e no Festival de Montreal em 1979.

PRESENCIAL

25 / NOV :: 18h

MAM

MUSEU DE ARTE MODERNA DO RIO DE JANEIRO

ONLINE

02 / DEZ :: 16h

DISPONÍVEL ATÉ

02 / DEZ :: 22h

APENAS NO BRASIL

ONLINE

04 / DEZ :: 18h

DISPONÍVEL ATÉ

04 / DEZ :: 23h59

APENAS NO BRASIL