MED HONDO
:: FILMES EM EXIBIÇÃO ::

Soleil Ô

  SOLEIL Ô  

  (MAURITÂNIA, 1970, 98’, 14 ANOS)  
  de Med Hondo  

De 1970, amargamente perspicaz e artisticamente livre, o filme do diretor mauritano Med Hondo começa com um esboço da colonização europeia, que subjugou e empobreceu os africanos. Retrata, com fúria sardônica, as aventuras de um jovem africano anônimo (Robert Liensol) que chega a Paris e, com ingênuo otimismo, busca a fortuna em meio a seus colonizadores. Ele se sente em casa na França, mas logo descobre a dimensão de sua exclusão na sociedade francesa. Enfrentando uma discriminação gritante no emprego e na moradia, ele e outros trabalhadores africanos organizam um sindicato, que gera poucos resultados; ao buscar ajuda de autoridades africanas em Paris, ele se depara com indivíduos corruptos e antipáticos. Fazendo amigos junto à população branca da França, ele considera sua empatia condescendente e indiferente, e a sensação de isolamento e perseguição eleva sua crise de identidade a um nível frenético. Hondo oferece uma colagem estilística para refletir sobre os extremos da experiência do protagonista, desde o docudrama e os números musicais aos absurdos do pastelão, de sequências de sonho e melodrama burguês às análises políticas. O comentário apaixonado e abrangente de Hondo, em voz over, dirigindo-se ao herói na segunda pessoa, combina confissão e observação, aspiração e desespero, conflitos sociais e pessoais.

ONLINE

29 / NOV :: 16h

DISPONÍVEL ATÉ

29 / NOV :: 23h59

APENAS NO BRASIL

ONLINE

30 / NOV :: 16h

DISPONÍVEL ATÉ

30 / NOV :: 23h59

APENAS NO BRASIL

ONLINE

01 / DEZ :: 16h

DISPONÍVEL ATÉ

01 / DEZ :: 23h59

APENAS NO BRASIL

ONLINE

02 / DEZ :: 16h

DISPONÍVEL ATÉ

02 / DEZ :: 23h59

APENAS NO BRASIL

ONLINE

04 / DEZ :: 16h

DISPONÍVEL ATÉ

04 / DEZ :: 23h59

APENAS NO BRASIL

ONLINE

05 / DEZ :: 16h

DISPONÍVEL ATÉ

05 / DEZ :: 23h59

APENAS NO BRASIL